Pelo fim de maços estilizados

“Me engana que eu gosto.”

É assim que você pensa? Nós, da saúde, não. E é por isso que está em andamento na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 1744/2015 que, a exemplo da medida já adotada na Austrália, prevê embalagens padronizadas de cigarro.

Mas, como assim?

Trata-se de exigir uma única embalagem para todas as marcas de cigarro, padronizadas em termos de forma, tamanho, modo de abertura, cor e fonte, livre de logos e nomes de marca, tirando qualquer tipo de “glamour” que o maço de cigarro possa ter .

O Instituto Datafolha, a pedido da ACT+, realizou pesquisas sobre os pontos de venda e a influência da exposição das embalagens de cigarros em jovens, crianças e adolescentes e os resultados foram reveladores. Por isso, a lei que padroniza as embalagens, tirando delas o poder de sedução, se faz tão necessário.