Alimentação consciente e sem desperdício

Um terço dos alimentos produzidos em todo o planeta vai para o lixo. A informação é da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), que no Dia Mundial da Alimentação, 18 de outubro, deu início à campanha O clima está mudando. A alimentação e a agricultura também devem mudar. A iniciativa chama atenção para o desperdício de alimentos em um mundo em que milhões de pessoas passam fome. E alerta: o quadro tende a se agravar com as mudanças climáticas já em curso e o crescimento da população global, que em 2050 deve chegar a 9 bilhões de pessoas.

alimentacaosaudavel_diamundialdaalimentacao

ONU chama atenção para o desperdício global na produção e no consumo de alimentos

Em nosso país, o cenário não é diferente. De acordo com o instituto de pesquisa WRI Brasil, por aqui 41 mil toneladas de alimentos são desperdiçadas todos os anos, o que nos coloca entre as dez nações que mais desperdiçam comida no mundo. Por isso, o Ministério de Desenvolvimento Social e Agrário adotou a campanha no Brasil, com a #SemDeseperdício, impulsionada pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a ONG WWF Brasil.

A programação vai além da internet. A Semana da Alimentação Carioca promoveu reflexões em torno do tema “Agricultura familiar: alimentar o mundo, cuidar da Terra”. Com feiras, festivais e palestras em toda a cidade, a mobilização segue até 25 de outubro, quando o Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional promove um debate sobre a Política de Segurança Alimentar, de 9h ao meio-dia, no Armazém da Ação da Cidadania, no Centro.

Mas o que podemos fazer, na prática para reduzir o desperdício de alimentos?

Algumas medidas simples podem ser adotadas no dia-a-dia. Para começar, vale a pena planejar as refeições antecipadamente, para evitar custos com compras desnecessárias. Escolher frutas, legumes e verduras aparentemente feios, mas em boas condições de consumo, também ajuda a evitar que mais comida vá parar no lixo. Outra atitude bacana é servir – ou pedir – porções menores. Se a fome persistir, é só repetir um pouquinho.

Para deixar tudo mais fácil, o Instituto de Nutrição Annes Dias (INAD) preparou o livro 33 Surpresas Incríveis: Reeceitas Saudáveis de Aproveitamento Integral de Frutas, Legumes e Verduras, com receitas como o Tutu Nutritivo, a Farofa de Cascas e o Bolo de Casca de Abacaxi. Bom apetite!