PATERNIDADE, PRIMEIRA INFÂNCIA E SAÚDE

O papel do pai na primeira infância e as relações entre a paternidade e a saúde do bebê e da família foram tema de diversas atividades desenvolvidas em agosto no Rio de Janeiro, durante o Mês de Valorização da Paternidadeiniciativa idealizada pelo Comitê Vida e promovida em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil do Rio de Janeiro (SMSDC-RJ), por meio de suas unidades de saúde.

A campanha parte do pressuposto de que a participação afetuosa dos pais no cuidado com seus filhos é um processo que contribui para o bem estar de toda a família e tem repercussão na redução de indicadores de mortalidade infantil, materna e de sífilis congênita.

“O Plano Municipal de Saúde do Rio de Janeiro define como uma de suas metas a implantação da iniciativa Unidade de Saúde Parceira do Pai em toda a rede Saúde Presente. Envolver os profissionais de saúde em atividades de valorização da paternidade  é fundamental para tornar este objetivo uma realidade”, avalia Viviane Manso Castello Branco, coordenadora de Políticas e Ações Intersetoriais da Superintendência de Promoção da Saúde da SMSDC-RJ.


I Semana do Bebê Carioca

Integrando o Mês de Valorização da Paternidade, a I Semana do Bebê Carioca – Rio, a Cidade que Amamenta, realizada pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro de 22 a 28 de agosto, impulsionou o debate e a mobilização social em torno da valorização da paternidade e da primeira infância.

O Seminário Bebê Carioca, realizado dia 23 de agosto na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ),  reuniu pesquisadores, profissionais e gestores de saúde, além de representantes da sociedade civil organizada. Além de mesas redondas e debates, a programação incluiu mostra de trabalhos científicos e experiências bem sucedidas na promoção, proteção e apoio às gestantes, às mães e aos bebês e uma mostra de fotografias sobre amamentação e valorização da paternidade. Durante a programação, o grupo Saudarte, da Universidade Federal Fluminense (UFF), apresentou paródias com o tema da saúde, envolvendo todo o público do evento, de forma lúdica e divertida.

O Dia de Mobilização Popular em Prol da Primeira Infância reuniu cerca de duas mil famílias no Aterro do Flamengo

Para fechar a I Semana do Bebê Carioca, a Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro promoveu, no Aterro do Flamengo, o Dia de Mobilização Popular em Prol da Primeira Infância, 28 de agosto. Cerca de duas mil mulheres estiveram reunidas durante um grande “mamaço”, para amamentar simultaneamente e chamar a atenção para a importância desta prática para a saúde do bebê e a criação de vínculos familiares entre mães, pais e filhos.

A Superintendente de Promoção da Saúde, Márcia Torres, parabeniza a iniciativa e adianta: “A I Semana do Bebê Carioca promete ser a primeira de anos e anos de uma cidade amamentando”:

[soundcloud width=”100%” height=”81″ params=”” url=”http://api.soundcloud.com/tracks/22237219″]

Eduardo Pádua e Daniel Soranz prestigiaram o Dia de Mobilização Popular em Prol da Primeira Infância

Presentes ao evento, o Subsecretário de Atenção Primária, Vigilância e Promoção da Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, e o coordenador dos Espaços de Desenvolvimento Infantil da Secretaria Municipal de Educação, comentam as conquistas da promoção do aleitamento materno na cidade e reforçam a importância da intersetorialidade:

[soundcloud width=”100%” height=”81″ params=”” url=”http://api.soundcloud.com/tracks/22237217″]

Ouça também: A assessora da Casa Civil da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Elen Barreto, apresenta o Programa Primeira Infância Carioca:

[soundcloud width=”100%” height=”81″ params=”” url=”http://api.soundcloud.com/tracks/22237216″]

>> Veja mais fotos do Dia de Mobilização Popular em Prol da Primeira Infância
Unidades de saúde aderem ao Mês de Valorização da Paternidade

No CMS Professor Masao Goto, as quartas-feiras do mês de agosto foram dedicadas à valorização da paternidade. A unidade de saúde vestiu-se de homem, por meio de painéis, murais e cartazes construídos coletivamente, com fotos e mensagens de pais e filhos. Palestras, rodas de conversa e oficinas de shantala e recreação abriram espaço para a interação da equipe de saúde com os usuários da unidade, para sensibilização de todos sobre o papel do pai na primeira infância.

A brincadeira foi o mote da Clínica da Família Zilda Arns, no Complexo do Alemão. Na programação, apresentações do Coral Liga dos Brincantes e da Dança do Pororó e oficinas de pipa e de brinquedos reciclados, entre outras, revelaram como temas importantes podem ser tratados por uma perspectiva lúdica.

Em Paciência, o  CMS Maria Aparecida de Almeida, próximo ao conjunto Cesarinho, promoveu atividades de sala de espera rodas de conversa e palestras sobre o cuidado com a mama na gestação, a importância da participação de toda a família na amamentação e os benefícios do aleitamento materno para a mãe e o bebê. A programação incluiu, também, campanha de vacinação com o mote Pai animado quer seu filho vacinado e o Dia D da Saúde do Homem, comemorado dia 25 de agosto.

No Dia D da Saúde do Homem, foram promovidas palestras sobre fisioterapia, sífilis, hepatites B e C, vasectomia e tabagismo e atividades de orientação sobre saúde bucal. Pais e filhos realizaram exames laboratoriais e foram atendidos em consultas clínicas, pediátricas e de enfermagem, com atenção especial aos adolescentes.  “Ao final do dia, recebemos uma gestante em trabalho de parto, devidamente acompanha pelo marido! Foi o encerramento ideal para um dia inteiro de atividades dedicadas aos pais”, comemora Zeni Fernandes, diretora do CMS Maria Aparecida de Almeida.

No Dia D da Saúde do Homem, no CMS Maria Aparecida de Almeida, papais tiveram a oportunidade de cuidar da saúde e fortalecer o vínculo com seus filhos através de atividades lúdicas e interativas

A Campanha de Vacinação também foi o mote para realização de atividades de valorização da paternidade do CMS Enfermeira Floripes Galdino Pereira, em Jardim Palmares, dia 13 de agosto. Durante o evento Pai Presente, todos os pais que compareceram à unidade de saúde para vacinar seus filhos posaram para fotos e receberam o Certificado Pai Presente. Além desta, outras brincadeiras promoveram a integração entre pais e filhos e chamaram atenção para diversos aspectos relacionados à saúde do homem. Como resultado, foram agendadas consultas em Clínica Médica e Nutrição. “O índice de pais que compareceram à unidade de saúde e a disponibilidade de tempo para participar das atividades surpreenderam toda a equipe. Geralmente todos estão com pressa, mas durante o evento os pais se renderam aos pedidos dos filhos por mais brincadeira e aproveitaram para cuidar da saúde”, conta Rosinete Paiva da Silva, do CMS Enfermeira Floripes Galdino Pereira.

No CMS Enfermeira Floripes Galdino Pereira, os pais que compareceram à unidade de saúde com os seus filhos receberam o certificado Pai Presente

Em Lins de Vasconcelos, as atividades do Mês de Valorização da Paternidade envolveram o PSF Professor Antenor Nascentes, a Escola Municipal Senador João Lyra Tavares e a Creche Odetinha Vidal de Oliveira no debate sobre a importância do apoio paterno à amamentação. “A integração entre  unidade de saúde,  escola e creche é muito proveitosa, pois cria espaço para a interlocução entre profissionais de saúde e de educação, pais e funcionários”, avalia Jasmim da Costa Santos, médica do PSF Professor Antenor Nascentes.

Em Lins de Vasconcelos, as atividades de valorização da paternidade envolveram profissionais de saúde e de educação; homens e mulheres; pais, mães, filhos e avós

Jasmin ressalta que na unidade de saúde a equipe optou por trabalhar o tema da paternidade junto a homens e mulheres. “Abrimos espaço para os dois gêneros,pois percebemos a importância de falar para as mulheres sobre o valor da paternidade e a necessidade de empoderar seus parceiros.Além dos pais, recebemos a presença de mães, avós e de homens e mulheres que não têm filhos,o que contribui para a multiplicação do debate”, compartilha Jasmim.

COMENTÁRIOS, DÚVIDAS E SUGESTÕES