ECOS apresenta políticas públicas de Promoção da Saúde no RJ

A Vigésima Segunda Conferência Mundial de Promoção da Saúde segue a todo vapor, em Curitiba. Entre os temas dos pôsteres expostos nessa segunda-feira (23) estava o uso de tecnologias de mídias sociais para o desenvolvimento da saúde. Quatro trabalhos de diferentes estados brasileiros apresentaram exemplos de como aplicativos para dispositivos móveis, portais na internet e ferramentas de conversação podem trazer avanços nesse sentido.

Exposições durante a Conferência

Exposições durante a Conferência

Durante a tarde, o simpósio “Saúde e bem-estar que necessitamos na cidade” reuniu o pesquisador canadense Trevor Hancock, da Escola de Saúde Pública e Políticas Sociais da University of Victoria, a filipina Vivian Lin, diretora da Divisão de Sistemas de Saúde da Organização Mundial da Saúde, e novamente o presidente do Ippuc, Sérgio Pires, para discutir iniciativas positivas e processos para melhorar as cidades para suas populações.

Apresentação Lúdica na Conferência

Apresentação lúdica durante a Conferência

Pires descreveu uma cidade doente do ponto de vista urbanístico: um ambiente sem controle do lixo e do trânsito, com falta de luz e água, com crescimento habitacional desgovernado, inseguro e prejudicado pelas mudanças climáticas. Para contornar esses problemas, ele destacou que as cidades devem investir em ações que tragam mais espaço para os pedestres, áreas de convívio mais democráticas e agradáveis, iniciativas mais humanas e sustentáveis e políticas que incentivem a participação da população – inclusive os mais jovens – para discutir o futuro das cidades.

Vivian destacou que, atualmente, 56% da população mundial vive em áreas urbanas e 212 milhões de pessoas moram em favelas. Ela defende que para atender as demandas dessa população crescente, as cidades devem antecipar-se para se adaptar e acalmar a população a partir de iniciativas inovadoras. “Um dos desafios é que países e cidades são diferentes”, diz a diretora, em alusão às diferentes soluções que podem ser encontradas para cada realidade.

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, através da Superintendência de Promoção da Saúde e profissionais das CAP, está mobilizada para trazer para os participantes do evento todas as informações relacionadas aos projetos, ações e materiais educativos que são trabalhados no dia a dia dos serviços de Saúde dentro da Cidade Maravilhosa. Uma verdadeira caravana de técnicos das Coordenações da Superintendência (Coordenação de Política e Ações Intersetoriais/Coordenação de Educação em Saúde/Coordenação de Saúde do Escolar), além de Profissionais dos Territórios, estão em Curitiba focados em apresentar para o mundo como são desenvolvidas as políticas públicas de Promoção da Saúde no Município do Rio de Janeiro.

Profissional Pôster sobre Tabagismo

Profissional e pôster sobre Tabagismo

O dia 23/05 foi um dia de muito trabalho para os representantes da Promoção da Saúde do Município do Rio de Janeiro. Na área destinada aos pôsteres foram apresentados os seguintes trabalhos: 1 – RAP da Saúde: A revolução na saúde dos adolescentes num território carioca; 2- A Abordagem Multiprofissional nas Capacitações para o Atendimento ao Fumante: Impacto das Ações e Fortalecimento de Promoção da Saúde no Município do Rio de Janeiro; 3- O Pesar e Medir Como Ponto de Partida para Construção de Ação Intersetorial para Promoção do Desenvolvimento Saudável dos Escolares (CIEP Henfil); 4- Rede Integrada de Promoção da Saúde: Serviços de Saúde, Adolescentes e Comunidade em Ação Compartilhada – RAP da Saúde.

Profissional e pôster sobre Saúde dos Escolares

Profissional e pôster sobre Saúde dos Escolares

Profissional e pôster sobre o RAP da Saúde

Profissional e pôster sobre o RAP da Saúde

No espaço destacado para a apresentações digitais exibiram-se as propostas: 1- Cartões Postais: Inovação metodológica nas ações de promoção da saúde; 2- Produção X Promoção: Uma análise sobre os procedimentos do Profissional de Educação Física na Saúde na Atenção Primária à Saúde no Município do Rio de Janeiro – Experiência do Programa Academia Carioca.

Profissionais e exibição virtual dos Postais Colecione Saúde I

Profissionais e exibição virtual dos Postais Colecione Saúde I

Profissionais e exibição digital dos Postais Colecione Saúde I

Profissionais e exibição digital dos Postais Colecione Saúde I

O Profissional da Coordenação de Saúde do escolar, Alexandre Santos, apresentou o trabalho intitulado Programa Saúde na Escola Carioca: O Desafio da Intersetorialidade, que foi disposto na modalidade poster caminhada, tipo de exposição em conjunto, no qual os participantes circulam pelos pôsteres dispostos lado a lado e cada expositor apresenta o seu trabalho em 4 minutos.

Profisional e o "pôster caminhada" sobre Saúde dos Escolares

Profisional e o “pôster caminhada” sobre Saúde dos Escolares

 

COMENTÁRIOS, DÚVIDAS E SUGESTÕES