Prefeitura do Rio celebra Dia da Mulher com feira de saúde e valorização da luta por direitos

“Dia da Mulher é todo dia.” É com esse mote que a Secretaria Municipal de Saúde vai celebrar o dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Na data, ações de mobilização pelo direito das mulheres e por uma sociedade mais saudável e igualitária acontecerão nas Clínicas da Família e Centro Municipais de Saúde de toda a cidade. No Centro Administrativo São Sebastião, prédio da prefeitura na Cidade Nova, das 10 às 15h, funcionários e a população que passar por lá serão beneficiados por diversos serviços: tendas com orientações sobre alimentação e nutrição; práticas integrativas e complementares; informações e orientações sobre câncer de colo de útero, câncer de mama, hipertensão e diabetes; prevenção e tratamento do tabagismo voltadas para as mulheres, incluindo teste de monoxímetro.

Além disso, a Rede de Adolescentes e Jovens Promotores de Saúde (RAP da Saúde) realizará ações de acolhimento, orientações sobre saúde da mulher e reflexões sobre os seus direitos. O jogo “Correio da Saúde” tirará dúvidas sobre uso de preservativos, IST´s/Aids, PEP e contraceptivos, tudo de forma anônima, garantindo a privacidade de cada participante, ao mesmo tempo que a ‘Mulher Camisinha’ distribuirá preservativos femininos e masculinos.

Na programação estão incluídas também apresentações musicais do Coral dos Idosos, Coral Uma Só Voz, Coral Girassol, Banda Tom Carioca, além de atividades como aula aberta de karatê do grupo Feminino Karatê da CF Padre John Cribbin, Roda de Capoeira com as crianças da Creche Dr. Paulo Niemeyer, biodanza, atividades lúdicas com as crianças da Creche Dr. Paulo Niemeyer, entre outras.

O evento contará com a exposição #DiaDaMulherÉTodoDia, que aborda termos do universo feminino que estão cada vez mais nas políticas públicas, programas de TV, matérias jornalísticas ou redes sociais, mas nem todo mundo conhece. Feminismo, sororidade, direito reprodutivo e empoderamento feminino são algumas das expressões da série. O intuito é mostrar como as questões relativas aos direitos das mulheres estão relacionadas com a saúde da população carioca e que Saúde da Mulher é uma das linhas de cuidado prioritárias da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro.

 

COMENTÁRIOS, DÚVIDAS E SUGESTÕES